‘Qual é o limite das minhas capacidades intelectuais?’

A educação, o conhecimento e a bagagem cultural compõem um tipo de patrimônio pessoal imensurável, representa verdadeira riqueza, ou seja, aquilo que é nosso, que ninguém pode nos tirar e que nos acompanhará até os últimos suspiros da nossa existência. Portanto, a capacidade intelectual do indivíduo, própria da sua atuação mental e do uso das suas inteligências, é indiscutivelmente muito preciosa!
E essa breve contextualização (preliminar), ao refletir sobre o que se denomina de intelecto, vem a propósito do excelente texto abaixo, de Agnès Gruart, publicado semana passada no portal eletrônico do EL PAÍS – Brasil, com preciosa resposta para a Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!